[365 cartas] 002

Era um muro, como outro qualquer. Desapercebido, como outro qualquer. Cinza, com o de sua frente e todos os outros que havia conhecido. Pessoas passavam por ele em um sentido, às 7 de manhã, e em outro, às 20h. Observava o movimento, todos os dias, sem nunca ser percebido. Pensava: “Um dia dou o fora. E, quando eu sumir, finalmente vão reparar minha existência”.

Até que uma manhã foi acordado com um balde d’água. Em seguida, sabão, escovão. Não entendia o que estava acontecendo, sentia-se diferente. Algo mudava ali.

Olhou para si mesmo e viu: no canto esquerdo, próximo ao chão e a lixeira, um ‘eu te amo’ estampava o seu rodapé. Não entendia como aquilo tinha acontecido, mas de alguma maneira, tinha acontecido. E estava ali. Estampado, escancarado, rabiscado para quem quisesse ver.

Sorriu.

muro eu te amo amor conto ana sasso

Anúncios

3 comentários sobre “[365 cartas] 002

  1. Pingback: 003 | Ana Sasso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s