Das coisas que ninguém diz – Paris

paris ana sasso coisas que ninguém diz

Desde os 15 anos conhecer Paris era um sonho. Aos 26, fui recebida com chuva, frio e seis andares de escadas para subir com a bagagem.


Um choque de realidade depois de dias de sonho em Barcelona. Fiquei doente. A comida nem sempre foi gostosa como esperava. As pessoas me trataram mal. Ninguém entendia inglês quando eu precisava de alguma informação – mas os mendigos falavam fluentemente quando queriam cigarro ou vinho. E pombos gordos davam rasantes nas nossas cabeças todo tempo para me lembrar que o calçadão de Osasco fica logo ali.

Quando já estava quase desistindo de paris, plot twist. Paris não está na torre nem em dias de fotos para o instagram.

Je ne regrette rien.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s