Pérolas da Fernanda

seja a mudança que quer ver no mundo pérolas fernanda ana sasso

Manhã de sábado, na barraca de pastel:

– Moça, tem kibe?

– Tem, sim. Quer?

– Não, obrigada.

_____

Almoço na tarde algum sábado, o garçon (esnobe) nos mede da cabeça aos pés. Chega na mesa com os cardápios:

– Vocês vendem cigarro aqui?

– Sim!

– Quais?

– Hoje eu só tenho Lucky Strike, Camel e Carlton.

– … não tem Marlboro Light?

– Hoje, não.

____

Um restaurante italiano em Barcelona. Não falamos espanhol (mas quem acredita sempre alcança). Tampouco o garçon.

– La cuenta.

– Con gelo?

– Noooooo!

– Limon?

– What?

– Cointreau?

– Nooooo!!!!!

Anúncios

Uber, shampoo e binarismos

Quando eu era adolescente, li um texto da Nina Lemos que traçava uma ligação entre esperar um amor e esperar um ônibus ou pegar um táxi em um dia de chuva. Por algum motivo, lembrei desse texto hoje.

taxi uber transporte publico nova iorque ny

Continuar lendo

Ainda há tempo

mascara-do-coelho-alice-no-pais-das-maravilhas-565801-MLB20396450757_082015-F

Quando descobri Criolo há uns 4 anos fiquei alguns dias com a letra de Vasilhame socando na cabeça, como quem diz: vai dizer que você nunca pensou nisso, fofa?

E permaneceu ali, indigerida, como um engasgo no meio da refeição, ou quando a gente tenta. Outras coisas me incomodavam, por outros motivos, e a vida seguiu. Corta.

Continuar lendo

Os mais legais de junho

sol e chuva guarda chuva

Girls just wanna have funds, em português, no Facebook do Think Olga

Mataram-nos 49, auto-explicativo

O like que machuca, sobre conteúdo difamatório na web

Sobre como é difícil criar um filho não machista em um mundo machista

Mini manual do jornalismo humanizado, para todo mundo que escreve

Como ter uma carreira, mini lições que todo mundo deveria saber

Viver é coisa para maluco, entrevista com a Maria Eugênia, do Adotada – um dos melhores programas da TV atualmente, para a Revista TPM

Os mais legais de maio

Está pensando em ir embora do Brasil? Leia esse texto antes (e não deixe o bom humor de lado): Dicas para o exílio contemporâneo. 

Sobre escolher um uniforme para usar no dia a dia (em inglês): Why I wear the same thing to work everyday

Claudia Giudice foi minha diretora na Editora Abril por pouquíssimos meses e talvez tenhamos nos vistos apenas em duas situações. O blog dela, Vida sem Crachá, virou uma das minhas leituras preferidas. Nesse mês, não consegui escolher um texto preferido entre Um café para consolar o Alex e Sucesso para que?.

Quando tudo estiver errado na sua vida, lembre-se que dois patos, uma gata, quatro cachorros (dois deles pitbulls)  vivem juntos em algum lugar de St. Louis:

catiorros